Home Esporte Corridas de rua aceleram economia no Brasil. Em Salvador, número de provas é 15% maior em 2017

Corridas de rua aceleram economia no Brasil. Em Salvador, número de provas é 15% maior em 2017

4 min read
0
0
19

Cuidar do coração, combater o estresse, reduzir o colesterol, fugir da rotina, vencer limites, ver belas paisagens, conhecer gente ou até mesmo se divertir. As razões que motivam as pessoas à prática das corridas de rua são diversas. Há 20 anos, a corrida era um esporte amador e voltado para as classes mais populares. As inscrições eram simbólicas, a estrutura e as medalhas, bastante simples. Hoje, pessoas de todas as classes correm. É uma questão de saúde, de estética e de bem-estar. Os dois maiores polos de corrida de rua no Brasil são as capitais São Paulo e Rio de Janeiro.

Mas Salvador está correndo atrás e já figura como uma cidade com grande expansão do cenário do esporte. Tanto que recentemente anunciou a realização da Maratona da cidade, que será em outubro. “Fiquei muito feliz com esse evento que passará a ser realizado na minha cidade. Com certeza, a data vai entrar para o calendário de eventos fixos e além dos locais, vai atrair turistas para Salvador”, explica Augusto Cruz, advogado e escritor, que lançou o livro “Corredor Um Estilo de Vida” no ano passado e já prepara a segunda edição da publicação para o próximo ano. Mas a Maratona de Salvador chegou para coroar uma fase de aquecimento do esporte na cidade. Em 2016, a capital baiana sediou 37 provas de diferentes formatações de percursos e distâncias. Este ano, serão cerca de 40 competições; evidenciando o crescimento do setor.

A prova da movimentação que as corridas trazem está mesmo nos números. Em 2003, a primeira Maratona do Rio teve três mil pessoas inscritas. Hoje, esse número pode ser multiplicado por dez, ao menos. Com um valor de inscrição média de R$ 90 reais, por exemplo, e uma média de 30 mil inscritos (como o caso da Maratona do Rio), chega-se a uma arrecadação de R$ 2,7 milhões de reais por prova, somente com a taxa. Além desses números, o mercado envolve ainda, produtos de proteção ao sol, bebidas e alimentos, suplementos, roupas e calçados, turismo, assessorias esportivas com foco em corrida e até livros, como o caso de Augusto!

Load More Related Articles
Load More By Felinto Frota
Load More In Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Festival de Inverno Bahia inicia venda do 1º lote de ingressos. Clientes da Caixa têm vantagens

Festival de Inverno Bahia inicia venda do 1º lote de ingressos. Clientes da Caixa têm vant…